Tecnologia Headway otimiza o trânsito em Porto Velho (RO)

fev 1, 2024

Dataprom em Porto Velho

Porto Velho, em Rondônia, está recebendo semáforos inteligentes da DATAPROM em três importantes cruzamentos da cidade.

A tecnologia trabalha com o modo headway local. A partir de câmeras, o semáforo captura o volume de veículos no cruzamento e ajusta o tempo de verde priorizando o trecho com maior demanda. Desfeita a condição de congestionamento, ele retorna à programação normal.

Tudo isso é processado de forma autônoma, sem a intervenção de um ser humano para mudar os tempos dos ciclos semafóricos.

As câmeras estão sendo instaladas nos cruzamentos das avenidas Calama e Rio Madeira, Rio Madeira e Imigrantes, e Imigrantes com Lauro Sodré.

Em entrevista ao portal da prefeitura de Porto Velho, Anderson Pereira, titular da Semtran, falou sobre a importância da tecnologia para o município.

“O fluxo cresceu muito, e nós temos que pensar em Porto Velho não só em curto prazo ou médio, mas sim a longo prazo, deixando projetos prontos e buscando cada vez mais recursos para a execução desses projetos”, disse.

Mas como funciona o Semáforo Inteligente?

O semáforo inteligente trabalha no modo adaptativo local — o Headway. Ele ajusta os ciclos semafóricos de forma autônoma e em tempo real, conforme a demanda de veículos.

O sistema parte do princípio da definição do valor do headway entre os veículos – tempo entre eles. Por exemplo, 3,2 segundos de distância. Para tanto, a solução verifica sempre que houver a passagem de dois ou mais veículos pelas câmeras de vídeo detecção ou pelos laços físicos ou virtuais instalados sob o asfalto – a depender do sensor escolhido para o projeto.

Quer saber mais? Então, veja mais sobre esse sistema funciona aqui

Loading...